faça login ou registe-se aqui
/temas/otoc/imgs/logoOccHeader.png

Ordem suspende atendimento presencial e reforça atendimento telefónico





Caros colegas,
 
O primeiro-ministro acabou de anunciar que o país irá entrar em confinamento a partir da meia noite desta sexta-feira, 15 de janeiro.

O aumento exponencial, desde o início do ano, do número de casos positivos de COVID-19, obrigou o governo a endurecer as medidas adotadas para travar a progressão do vírus.
 
Trata-se de uma reedição, muito similar, do confinamento ocorrido em março e abril, que acarreta constrangimentos e as necessárias adaptações no funcionamento da Ordem. 

Assim, a partir de quinta-feira, 14 de janeiro, os serviços presenciais, na sede de Lisboa, nas instalações do Porto e em todas as representações, estarão encerrados.

De forma a dar cumprimento ao decido pelo governo, os colaboradores da Ordem regressarão ao regime de teletrabalho, a partir desta data.

Contudo, estas alterações não significam menor atenção aos contabilistas certificados. Bem pelo contrário. O atendimento telefónico será reforçado, assim como o esforço para dar resposta às questões colocadas através da Pasta CC no mais curto espaço de tempo possível.

Esta é uma altura do ano sensível no que aos fechos dos exercícios diz respeito – já para não falar dos novos apoios que o executivo deverá anunciar em breve – e, como tal, os contabilistas certificados necessitam de toda a ajuda e apoio dos colaboradores desta casa. Por isso, nas longas e duras semanas que temos pela frente, a Ordem e os seus colaboradores estarão, sempre disponíveis, para responder às vossas perguntas e solicitações.

Quero transmitir a todos os cerca de 68 mil homens e mulheres que abraçaram esta profissão que não estão sós e que podem contar, uma vez mais, com a vossa Ordem para todas as ocasiões. Esta é uma instituição de rosto humano, que vibra com os vossos triunfos e sofre com as vossas deceções. 

Não se esqueçam que esta é uma profissão cada vez mais dignificada e valorizada, mas para mantermos o que conquistámos a pulso temos de continuar a ser um farol de confiança dos empresários. Não podemos vacilar.

Do nosso lado está o facto de continuarmos a ser parte da solução. Vamos gerir mais este gigantesco obstáculo com perseverança, calma e serenidade. 

Mesmo que o cansaço se apodere de nós e as forças comecem a faltar, saibam que podem contar com a Ordem e a sua bastonária para mais este desafio. 

Juntos e imbuídos do mesmo espírito, uma vez mais, venceremos este combate.

Votos de bom trabalho e muita coragem

A bastonária
Paula Franco

Lisboa, 13 de janeiro de 2021






Partilhe esta notícia



Voltar
OCC
© 2021. Todos os direitos reservados